O papel do director técnico num lar de idosos

Por Ana Palma , 11 de Julho de 2018 Profissionais


​Neste artigo, procuramos elencar as várias actividades inerentes à direcção técnica de um lar de idosos e o que de melhor se pode fazer no decorrer de um dia normal desta actividade.



Novos modos de vida

Como temos vindo a referir em alguns dos artigos anteriores, assistimos ao gradual envelhecimento da sociedade contemporânea, envelhecimento este acompanhado da impossibilidade das famílias, cada vez mais com menor dimensão, em cuidar da pessoa idosa.


Estatística e previsão bebés/idosos

​Por este motivo, os lares têm vindo a assumir-se como uma resposta cada vez mais essencial e importante.

Os lares de idosos estão desenhados para prestar de modo efectivo este apoio e resposta social, seja através do alojamento ou do providenciar da alimentação, dos cuidados de higiene, animação ou apoio psicológico e emocional.



A importância da gestão técnica

Ora, o bom funcionamento de uma instituição deste cariz em muito reside na gestão técnica dos profissionais que asseguram o decorrer dentro da normalidade das acções que acima referenciámos.

Estes profissionais são, portanto, elementos da mais primordial importância, não só para o funcionamento dos lares de idosos, como para a sociedade em geral, já que são uma resposta real a uma necessidade comum.


Deste modo, pretende-se que a qualidade dos serviços providenciados pelos lares de idosos seja uma constante e que os cuidados dos idosos estejam devidamente assegurados. Melhorar a vida de uma pessoa idosa tem sido, portanto, um trabalho constantemente assegurado. Por qualidade de vida entendem-se vectores diferenciados; sendo eles, por um lado, a parte psicológica e emocional, e por outro, a procura do envelhecimento activo, o cuidado na alimentação, na saúde ou na higiene a par da integração social, em dialética com a procura da manutenção dos laços com a família.



​Uma função essencial num lar de idosos

Como já referimos, os directores técnicos têm uma função essencial no garante da qualidade de vida da pessoa idosa.

A este profissional compete a gestão técnica da instituição, tendo como principais funções não só assegurar o bom funcionamento do lar, mas também assegurar a organização e supervisão dos colaboradores, que, como repetidas vezes aludimos, são essenciais ao sucesso de um lar de idosos e em muito contribuem para um envelhecimento qualitativo dos utentes.



Neste cômputo geral de funções estão a promoção da comunicação diária para com os colaboradores e também com os utentes no sentido de promover as actividades a desenvolver.



A comunicação interna é, de facto, importante para a obtenção dos objetivos da instituição, pois estimula a partilha de pontos de vista e de informação, no sentido de encontrar soluções efectivas para problemáticas reais.

Sabe-se que a implementação e estímulo de uma comunicação interna constante conduzem à manutenção e impulsionamento dos níveis de motivação por parte dos trabalhadores. Neste sentido, o director técnico age como aglutinador da harmonia necessária entre os colaboradores e os utentes dos lares.



Papel fundamental com as famílias

Zelar pela observância do bom funcionamento do lar passa não só pela comunicação com ambos, pessoal e utentes, mas também com os familiares destes.

A recepção de visitas de familiares é, também, parte integrante das suas funções e o director técnico deve fazê-la da maneira mais cordial e disponível possível, revelando empatia para com a família e a pessoa idosa neste momento tão sensível.



Qualidades e funções de um director técnico

Para além disto, ao director técnico cabe também assegurar e garantir a supervisão da higiene do edifício. Para o efeito, deverá socorrer-se de rondas diárias aos quartos, verificar a eficiente higiene das camas e das casas de banho; em suma, observar a higienização dos espaços.

É claro que um director técnico deverá procurar congregar outras qualidades profissionais, que não se encontram explanadas em legislação mas que em muito contribuirão para o sucesso da instituição, tais como sejam a cordialidade, o sentido de missão e responsabilidade.



Procura Lares e Residências para Idosos?

Saiba se há vagas disponíveis | Ligue

Ao visitar o nosso site, aceita os cookies que usamos para melhorar a sua experiência de navegação. Pode ler a nossa politica de privacidade e cookies.

Aide?

 


Para saber preços e vagas?

Ligue 939 667 800