O sucesso num Lar Online: Telma Carvalho

Por Susana Pedro , 04 de Maio de 2021 Profissionais


O sucesso das instituições parceiras da rede Lares Online passa muito pela competência, não só de quem as detém, mas também de quem as dirige: as diretoras técnicas.


Diretoras Técnicas que, com a nossa ajuda, dão tudo o que têm para alcançar ótimos resultados para os lares de idosos onde trabalham.



​São pessoas empáticas, que recebem as famílias de braços abertos e sorriso no rosto. Profissionais que trabalham em colaboração com o Lares Online, com boa comunicação e transparência. Que têm as competências necessárias para criar um ambiente saudável, leve e com rigor nos seus lares, para que os idosos se sintam realmente em casa. Hoje é a vez de a Telma brilhar!



Diretora Técnica no Palace Persona Senior Residence


​​Telma Carvalho é formada em Educação Social e, atualmente, Diretora Técnica do Palace Persona Senior Residence, em Rio Maior, e sempre foi uma apaixonada pelo envelhecimento e uma positiva nata. Esta diretora técnica partilhou com o Lares Online um pouco da sua vida profissional.

​Responsável por coordenar e gerir toda a residência sénior, Telma começa por agradecer todas as oportunidades de crescimento que lhe foram dadas:​​


Telma, Diretora Técnica do Palace Persona Seniore Residence


​Não posso deixar de agradecer por ter chegado onde cheguei. (...) Agradecer ter a oportunidade de fazer o que Amo.



​Quais são as características e Soft Skills necessárias para uma diretora técnica trabalhar em lar?

Telma: O segredo de um bom diretor técnico não é apenas pôr em prática todas as leis a que nos sujeitamos, é sobretudo percebermos se as pessoas que estão connosco se sentem bem e felizes. ​Há imensas dificuldades, no entanto, é olhar para elas como soluções. Sermos resilientes, isto é, entrar na casa que é o nosso trabalho e simplesmente colocarmo-nos no lugar do outro... «o que faria se fosse eu? o que pensaria? o que sentiria?».

Na verdade, destaco a primeira skill ser necessário Gostar... Se gostarmos deste meio, vamos empenhar-nos e fazê-lo todos os dias melhor!


Então: Resiliência, Capacidade Técnica, Espírito de Liderança Democrática, Empatia, Veia comercial a pulsar, e humildade, que sozinhos não fazemos nada!

No meu caso também conto com a Fé em cada ação que desenvolvo...  Acredito sempre que Deus está no meu caminho e que tinha de passar por todos os sítios onde estive até chegar ao meu que é este!​



O que faz para encantar as famílias no 1º contacto?

Telma: Este é o meu maior desafio! Foi neste coração em que cada família que passou pela minha vida acreditou.

Ser Eu, Eu própria sem máscaras ou artefactos, eu falo com o coração e nunca me irei arrepender por isso.



Como se prepara para visitas inesperadas das famílias?

Telma: Nos espaços físicos, a exigência é diária e constante... As visitas são sempre bem-vindas!

Na verdade, não me preparo, todos os dias antes de ligar o computador no escritório vou visitar cada residente e olhar para ele. Portanto, não há para mim surpresas!



Qual a história mais bonita que ouviu, no lar?

Telma: A História mais bonita, que difícil... São todas tão especiais, alimento-me delas e vivo-as! Mas guardo uma, claro: A história mais bonita foi a de uma Residente que vivia sozinha após o marido falecer há cerca de 15 anos...Toda a vida os filhos foram distantes, o marido frio. A minha menina triste e de olhos sempre rasos de água, apática e ausente residente num mundo dela.

Resolvi entrar. ​Cada dia conseguia um pouco mais, cada dia investia mais, cada dia dava mais e comecei a receber, tínhamos a nossa linguagem onde as palavras não entravam, os nossos olhos falavam... 

A D. Maria contou-me a sua história e não consegui conter as lágrimas ao ouvi-la. Suspirei e de repente percebi que a história da D.Maria se cruzava com a minha.


As histórias tristes e difíceis de uma vida, poder contribuir para elas e torná-las especiais. Hoje a D.Maria tem os filhos próximos e apaixonou-se... Vive com alguém de mão dada e sente a adrenalina do que é não viver mas ter a oportunidade de Reviver! Foi o momento mais bonito que vivi neste último mês!

Felizes de nós sermos os privilegiados e escolhidos para OUVIR! Esta história é sobre ser e acreditar que depois da amargura virá a docilidade da vida... 



Lares Online: um bom contributo para nos fazermos notar

Há vários anos que Telma trabalha em proximidade com o serviço Lares Online, com o qual confessa ter proximidade e uma boa relação.

Telma, sobre o serviço Lares Online

​Como é trabalhar com os colegas do Lares Online?

Telma: Eu tenho um excelente relacionamento com todos de há 5 anos a esta parte... Gosto da envolvência e apoio que ​sentimos do outro lado!

Transmito cada admissão com um sentimento misto: satisfação e responsabilidade.



Qual o impacto do Lares Online na sua instituição?

Telma: Bom, é um bom contributo, é um facto, a par da luta diária que temos para nos fazermos notar...Começar uma resposta desta dimensão de novo pode até parecer assustador mas lutando todos os dias a Palace torna-se a Persona!

​Com o Lares Online, conseguimos
​chegar mais longe!



A instituição onde trabalha

Telma é diretora técnica no Palace Persona Senior Residence desde Agosto de 2020, sempre muito positiva e com muito fair play.

Como é chegar ao lar de manhã?

Telma: É sorrir com aquele bom diaaaaaaa alegriaaaaaaaa! ​Não é apenas mais um dia... É o nosso dia!

​É estar presente onde me sinto precisa,
​é abraçar e continuar...



O que distingue a instituição onde trabalha?

Telma: O segredo do Palace Persona é ajustar a nossa realidade a cada residente, e não trabalhar de forma massificada!

A honestidade dos serviços, a transparência e a exigência! É sermos família! ​



Conte-nos o dia mais difícil que viveu no lar

Telma: Bem, o dia mais difícil que aqui vivi foi numa fase inicial em que estava a crescer o número de residentes e numa semana faleceram 3 idosos. A impotência de receber quem já vem nos últimos suspiros de uma vida, o voltar atrás... Portanto, as palavras de confiança que ouvi são pedras basilares para recomeçar com o peito cheio de ar num mundo competitivo e tantas vezes desleal... 

Nesse dia percebi que para a minha administração os residentes não são números e eu e o meu coração contamos!



O que a trouxe ao mundo dos lares?

Telma: Mais que os lares, é estar no mundo dos particulares, onde temos realmente de criar uma imagem e mantê-la... Caso contrário, estamos a perder! Eu, eu gosto de ganhar!

O Amor... O perceber que o estigma negativo dos lares não faz sentido, poder contribuir para essa diferença, poder mudar os conceitos e agitar as opiniões!


​O Lares Online é um serviço que aproxima os idosos e respetivas famílias dos lares e residências sénior. Temos uma rede alargada de residências sénior com quem trabalhamos em conjunto na busca das melhores soluções para os idosos que chegam até nós.


​​

O seu lar tem uma excelente diretora técnica?

Gostávamos de a conhecer, ligue 924 059 935
ou registe a sua instituição!

Ao visitar o nosso site, aceita os cookies que usamos para melhorar a sua experiência de navegação. Pode ler a nossa politica de privacidade e cookies.

Ajuda?

(+ 351) 939 667 800