O presente ideal para oferecer ao idoso neste Natal

Por Joana Marques , 10 de Dezembro de 2019 Idosos


​Na Europa, o Natal é celebrado, pelo menos, desde a Alta Idade Média (entre os séculos V e XI), e já nessa época se celebrava à mesa, que se enchia com mais comida do que o habitual, dando algum alento aos mais pobres. Celebrado primeiro em igrejas e mosteiros, o Natal foi evoluindo ao longo dos séculos, sempre associado a uma festa religiosa e a uma quadra de alegria, bem-estar e união.

Atualmente, o Natal continua a celebrar-se à mesa, mas também em torno do ritual da abertura dos presentes, quem sabe uma herança do gesto dos Reis Magos, que levaram ouro, incenso e mirra à criança nascida na manjedoura e que é símbolo maior destes dias de Dezembro.


É comum o idoso dizer que não precisa de presentes pelo Natal, da mesma forma que afirma nunca precisar de nada, embora saibamos que isso não é verdade.



De alguma forma, o Natal só está completo quando se encontra o presente ideal para os familiares e amigos mais próximos. No entanto, encontrar o presente perfeito para um idoso pode ser uma tarefa difícil. Após uma vida inteira de obtenção e acumulação de bens, os mais velhos já tiveram praticamente tudo o que é possível imaginar, e eles próprios não gostam de dar trabalho adicional aos familiares e amigos. Por isso mesmo, é ainda mais importante escolher com carinho uma pequena lembrança ou um objeto útil para o dia-a-dia do idoso, tornando o dia 25 de Dezembro ainda mais especial.



Presença e amor são os presentes mais importantes 


Entre miúdos e graúdos, o Natal é um dos eventos mais esperados do ano, mas a época do advento, ou seja, do período que antecede o Natal (do latim adventus, que significa “chegada”), nem sempre é sinónimo de alegria e tempo de preparação. Durante o mês de Dezembro, intensifica-se o stress e a ansiedade, porque todos queremos proporcionar às nossas famílias o Natal mais perfeito de todos.


Aproveite o advento do Natal para passar mais tempo com os seus familiares ou amigos idosos, em vez de gastar toda a sua energia em filas de lojas e supermercados.




Antes de passarmos às sugestões de prendas de Natal para os séniores que fazem parte da sua vida, é importante relembrar que a maior dádiva de todas é o tempo que disponibiliza para estar com eles, para lhes fazer um pouco de companhia e trocar dois dedos de conversa. O desejo de encontrar o presente ideal não se deve sobrepôr à importância que têm os afetos para os mais idosos. Amor, mimos e disponibilidade devem ser distribuídos ao longo de todo o ano, mas nesta altura de celebração entre família e amigos é mais importante do que nunca fazer sentir-se presente. 



Presentes clássicos ou ideias inovadoras? Eis as nossas sugestões


Nem sempre é fácil escolher um presente que esteja adaptado aos desejos e às necessidades dos idosos. Pais, avós, tios, vizinhos ou amigos, os idosos são pessoas que já viveram a maior parte do tempo das suas vidas e receberam centenas de prendas ao longo dos anos. Além disso, os gostos e as circunstâncias do dia-a-dia vão variando ao longo do tempo, pelo que o presente ideal pode ser algo que apele às recordações de dias felizes em família, ao exercício físico e da memória ou a coisas práticas, ergonómicas e úteis. 

Opte por presentes práticos, divertidos e funcionais. Esteja atento a dificuldades sensoriais, como de audição, visão, cognição ou físicas.
​Tente fugir aos presentes clássicos, como pantufas, meias, pijamas ou chocolates. São ideias com sucesso garantido, mas que revelam mais a sua necessidade de “despachar” o presente do que oferecer uma coisa escolhida de propósito para a ocasião. Veja algumas das nossas sugestões e inspire-se.


Um presente em forma de ideias práticas

São válidos todos os esforços que permitam ao idoso sair de casa e usufruir de algum tempo na sua companhia.  Organize uma festa de Natal para o idoso e seus amigos de longa data ou leve-o a ver as iluminações de Natal. Outras opções incluem ajuda na limpeza e organização da casa, levar uma refeição caseira ou convidar o idoso para um almoço surpresa e até oferecer um livro e lê-lo em voz alta. Também pode ser útil oferecer um dispositivo para auxiliar na toma da medicação, como uma caixa diária ou semanal.

Presentes clássicos, mas divertidos 

Falamos de roupas práticas e quentes, mas de cores e padrões alegres; livros de ginástica mental ou para colorir; puzzles com peças grandes e fáceis de encaixar ou mesmo um porta-retratos digital, pré-configurado com várias fotografias de familiares e amigos, ao invés da clássica moldura estática. Se oferecer um livro, acrescente uma lupa portátil (e se possível iluminada) ou ensine o idoso a ouvir livros em áudio. 

Presentes clássicos com segundas intenções

Ofereça um cachecol ou umas luvas juntamente com um bilhete para o teatro, cinema ou concerto de música clássica; pode optar por um caderno de linhas com uma nota a explicar que irá servir para escrever memórias e histórias de família antigas que nunca foram registadas (se o idoso não conseguir escrever, sugere-se que o faça por ele ou que convide os netos ou sobrinhos para o fazer); ou ofereça uma peça personalizada, como uma caneca com uma fotografia da família ou uma capa de telemóvel ou tablet, se o idoso estiver à vontade com as novas tecnologias. 

Tecnologia em formato XL

Um relógio despertador com números grandes ou um alarme de voz com várias mensagens pré-gravadas, que lembrem o idoso da hora de tomar os comprimidos ou de jantar, caso já esteja numa fase com falhas de memória ou indícios de Alzheimer. Se o idoso usar telefone fixo, ofereça-lhe um equipamento com botões grandes, que são fáceis de ver, e que tenha opção de auto-falante e remarcação de números. Também pode optar por um telemóvel adaptado às necessidades dos seniores, com botões grandes. Não se esqueça de memorizar todos os números importantes, de família e amigos, mas também números utilitários, como polícia, emergência médica e farmácia mais próxima.  

Cabazes personalizados de Natal

Compile uma superfície com vários itens de que o idoso gosta ou precisa. Pode fazer uma pequena caixa com cremes hidratantes e produtos de higiene pessoal, produtos regionais de que o idoso tem saudades por já não se poder deslocar a esses sítios tantas vezes como gostaria, chás e infusões, essenciais para manter a hidratação durante o inverno e uma guloseima (as bolachas ou os chocolates preferidos). 

Presentes que incentivem a atividade física e a mobilidade

Por muitos condicionamentos que o idoso tenha, deve ser mantida uma rotina de atividade física. Pode oferecer aulas particulares com um treinador pessoal especializado na terceira idade, aulas de Yoga ou comprometer-se a acompanhar o idoso em caminhadas frequentes. Juntamente com essa promessa, pode oferecer um par de sapatilhas de caminhada ou roupa adequada à prática desportiva, meias de compressão ou um contador de passos.



​Lembre-se de que o idoso não quer receber presentes caros ou espalhafatosos. Na realidade, está mais interessado na atenção e no carinho que acompanham o embrulho de Natal. Não entre no delírio de comprar presentes sem critério, de forma impulsiva. Muito menos opte por objetos caros e sofisticados para apaziguar a culpa de não estar presente tantas vezes como gostaria na vida do idoso. Faça antes uma escolha pensada, acompanhada da resolução de estar mais presente.

​​​​Procura Lares e Residências para Idosos?

Saiba se há vagas disponíveis | Ligue 939 667 800

Ao visitar o nosso site, aceita os cookies que usamos para melhorar a sua experiência de navegação. Pode ler a nossa politica de privacidade e cookies.

Ajuda?

(+ 351) 939 667 800