Vantagens de um lar familiar de pequena dimensão

Por Mariana Camargo , 18 de Agosto de 2022 Lares e Residências


​Em Portugal, a maioria dos lares de idosos são aqueles que consideramos de pequena dimensão. A questão do tamanho não está muito bem definida, mas na Lares Online consideramos que um lar é de pequena dimensão, caso tenha até 20/25 utentes no máximo, ou cerca de 10 quartos, entre individuais, duplos e triplos.

Estes lares de pequena dimensão são também, na sua maioria, mais familiares. Por norma, costumam tratar-se de moradias que são adaptadas a lares, e são raras as instituições desta dimensão que são construídas de raiz. Portanto, durante uma visita tenha em mente que deve prestar atenção se a infraestrutura é adequada para as necessidades do seu familiar idoso.

Este artigo vai apontar alguns dos pontos positivos que terá ao escolher um lar com menos utentes como casa de um familiar idoso que precisa do apoio existente num lar de idosos para manter a sua qualidade de vida.



Há uma ligação maior entre funcionários e residentes


Como existem menos utentes nestes lares, existem menos funcionários, facilitando assim a proximidade entre todos. Os colaboradores de lares de pequena dimensão têm mais contactos e conexões com os idosos, e, assim, nestes lares a adaptação do idoso é mais fácil. ​Como criam uma maior ligação com os residentes, os funcionários acabam por saber todas as rotinas dos idosos, os seus gostos, e não prestam um serviço em formato padrão, mas sim personalizado. ​


Em lares familiares, pode encontrar cuidados mais personalizados e individualizados, porque se sabe o que cada idoso prefere.



Com o convivío diário são estreitadas relações e criadas afinidades. Nestes lares familiares, o seu familiar idoso consigue-se sentir mais acarinhado e criar amizades mais profundas. É muito mais provável, em lares de pequena dimensão, que os funcionários preparem surpresas aos idosos, façam algo especial no seu dia de anos ou presenteá-los com algo que sabem que eles realmente gostam. E isso também ao contrário, pois um grupo mais pequeno de residentes idosos pode mais facilmente reunir-se e preparar algo para os funcionários ou diretores técnicos.



A adaptação e a socialização do idoso é mais fácil


Uma das principais vantagens de um lar de pequena dimensão é a facilidade que todos têm em conhecer-se melhor, e criar conexões mais profundas. Portanto, se o seu familiar idoso gosta de conversar e fazer novas amizades, um lar familiar pode ser a melhor escolha, visto que aqui os idosos se conhecem todos, e interagem entre si. ​​Esta interação social é muito importante para os idosos, porque a solidão pode afetar a qualidade de vida dos idosos. Como as pessoas mais velhas passam por muitas perdas, esse sentimento de solidão é muito comum nesta fase da vida, e pode trazer consequências graves como ansiedade, stress, depressão e outras doenças. ​


Existe um ambiente afável, acolhedor, e por isso são conhecidos também como lares familiares, já que todos se sentem como se fossem uma família.



Neste contexto, um lar de idosos de pequena dimensão pode trazer muitos benefícios, já que permite a convivência com outros idosos, e também com os seus funcionários, fazendo assim com que o idoso sinta-se parte de uma comunidade, além de estar sempre rodeado de pessoas que estima.



Há mais flexibilidade na coordenação de atividades e saídas


Mais uma vantagem dos lares familiares é a possibilidade de os colaboradores promoverem as pequenas tarefas diárias, e a independência dos idosos autónomos: já que são menos idosos há a possibilidade de estimulá-los naquilo que eles mais necessitam. 

Da mesma forma, as atividades de lazer feitas em grupos ajudam a estimular essa interação e garantir a troca de experiências entre os residentes dos lares familiares. Por exemplo, os funcionários promovem que estes idosos se ocupem de pequenas tarefas na cozinha, no jardim, na limpeza dos seus quartos, entre outros.​


Quer as atividades diárias dentro do lar como as saídas para ir ao café, parque ou missa são muito mais fáceis de coordenar quando o grupo de residentes idosos não é muito grande.



Em lares de pequena dimensão também fica mais fácil realizar pequenas visitas ao exterior. Por exemplo idas ao café, ao parque, ou à missa são muito mais fáceis de fazer e coordenar, já que não é preciso muita antecedência e planeamento para fazer acontecer. Entretanto, como em todos os lares de idosos, e em todas as famílias, as regras existem, mas são mais permeáveis e flexíveis graças ao número reduzido de residentes.


Os familiares sentem-se mais envolvidos


Em adição, outra vantagem de um lar de pequena dimensão é a solidariedade entre as várias famílias que acontece dentro das comunidades destes lares. Devido à proximidade uns com os outros, mesmo para as famílias no exterior passa a sensação de fazer parte da mesma família.

Dessa maneira, se um idoso precisa de alguma coisa, reina a entre-ajuda. Isso é muito menos comum em lares de grande dimensão, já que neles não existe esta proximidade entre idosos e famílias. Tenha em mente o perfil do seu familiar idoso e das necessidades da sua família, além das vantagens dos lares familiares de pequena dimensão, para fazer a escolha mais acertada durante a seleção de um lar de idosos.

O blog Lares Online tem como objetivo sempre trazer artigos que facilitem a sua escolha de um lar de idosos, além de aumentar a qualidade de vida de um familiar idoso que precisa da assistência que só um lar pode trazer.

Por isso, continue a acompanhar as nossas publicações para perceber as diferenças de cada tipo de lar de idosos, o que eles trazem de positivo, e assim fazer a melhor escolha possível quando for necessário.

​Um lar pequeno seria o melhor para o seu familiar idoso?

Ligue 939 667 800 ou submeta um pedido para ficar a saber.


Ao visitar o nosso site, aceita os cookies que usamos para melhorar a sua experiência de navegação. Pode ler a nossa politica de privacidade e cookies.

Aide?

 

Atendimento urgente (+ 351) 939 667 800